Seu Veículo Quebrou na Estrada? Saiba Os Motivos e Algumas Dicas

Postado em 10/jan/2018

Ter seu Veículo quebrado sem meio da estrada e um dos maiores pesadelos de qualquer motorista. Além de um contratempo altamente estressante, também sabe-se que como rodovias brasileiras, um grande índice de assaltos, o que preocupa ainda mais como pessoas que passam por essa situação.

Dados estimados por concessões que administram como estradas revelam que são principais para o setor de transportes, painel elétrico, pneu furado e painel seco (ausência de combustível).

A maioria dos casos pode ser evitado com medidas simples tomadas pelo motorista. Nesse post, vamos discutir cada uma delas.

Seu Veículo Quebrou na Estrada? Motivos e Dicas

Superaquecimento do motor

A temperatura ideal do motor da maioria dos modelos são de, aproximadamente, 92 graus. Quando o motor é gerador de energia, seja o sistema de arrefecimento do veículo e seja responsável por capturar e dissipar esse excesso de temperatura através da circulação de uma mistura de água e aditivo.

por vezes, não é consegue circular tão bem quanto deveria e acaba não resfriando o motor da forma necessária, levando ao superaquecimento do motor, além de realizar com que o Veículo pare, pode causar danos caros de se consertar.

Como evitar?

Sempre que para completar uma água do reservatório do seu veículo, procure-se com o motor frio. Também é aconselhável o uso de água destilada – que não contém cloro e não corrói como peças metálicas do sistema – e de um aditivo de qualidade .

Fique esperto aos sinais do transporte de dados. Se o ponteiro de temperatura do painel tem chegado perto do vermelho, o volume de água do motor em avaço ligeiro demais, houverem manchas vermelhas ou verdes (núcleos do aditivo) sobre o reservatório de água ou como mangueiras de água em estuários, significa que algo não está correto com o sistema de arrefecimento.

Diante disso, leve seu Veículo ao mecânico antes de realizar qualquer viagem longa.

OBSERVAÇÕES: Não tente abrir um tampa do radiador com veículo super aquecido, perigo de queimaduras sérias

Pane elétrica

Diversos problemas na peça elétrica de um veículo – como um alternador com defeito ou uma falha na bomba de combustível – pode causar pane. Normalmente, por substituição de complexidade técnica, apenas um mecânico é capaz de identificar e corrigir quais são como falhas exatas que estão atrapalhando o funcionamento do Veículo.

Como evitar?

O motorista deve semper estar alerta aos sinais de que não está funcionando perfeitamente. Queda na intensidade das luzes de cortesia, odômetro apagado ou dificuldade em realizar o Veículo que não é correto.

Nessas situações, antes de pegar estrada, deve-se conferir a bateria – ver se está vazando (em caso positivo, possivelmente observado uma presença de uma espécie de pó ao redor ao redor dela) e checar A condição de carga (algumas baterias tem um visor para simples; identificação do nível de carga) – eo alternador – checar o estado físico das correias e realizar, com auxílio do mecânico, teste de alternador – para checar se está tudo bem.

Pneu furado

Ter o pneu furado na estrada é uma situação impossível de se prever e, por isso, não há uma forma de se precaver totalmente. Porém, sabe-se que pneus menos desgastados e calibrados corretamente apresentaram risco de furarem.

Como evitar?

Evite circular com pneus carecas, desgastados ou que apresentem bolhas, pois eles são mais suscetíveis a perfurações. Além disso, não é dirigido nas extremidades da estrada – nessa extensão há acúmulo de detritos, incluindo pregos e parafusos, que podem ser perigosos – e reduzir uma velocidade semper para para passar por buracos ou trechos mal conservados.

É relevante ressaltar que, caso seja com trocar o pneu em uma rodovia, nunca se esqueça de sinalizar o local com triângulo a uma distância, a fim de evitar acidentes.

Pane seca (ausência de combustível)

Esse problema costuma ser o mais simples; de ser evitado, pois na maioria dos casos, o que é mais simples; de ser explorado.

Porém, alguns tempos, há falhas sem indicador de consumo de combustível – o painel indica que o Veículo está melhor disponível para o que está na realidade – e o motorista é surpreendido pela plataforma.

Como evitar?

Sempre acompanhe o consumo de combustível do seu Veículo. É um documento que está mostrando que está em condições de consumar muito pouco, há algum erro de indicação.

De qualquer forma, mantenha o combustível de combustível semper acima de 1/4 para evitar problemas durante a viagem.

Não consegui evitar. E agora?

Sinar o problema e chamar o sinar o problema sinalizar o problema e resgate (se o Veículo não é seguro, você pode apontar uma concessionária responsável pela rodovia).

A dica para realizar uma sinalização adequada – e dessa forma, não correr com risco de ser multado – é basear-se sem limite de velocidade da via para calcular a distância. Se a velocidade máxima é de 100 km / h, por exemplo, coloque o triângulo a 100 passos largos do local onde o Veículo está parado. E, em caso de neblina ou chuva forte, dobre essa distance.

Atenção: Tentar arrumar o Veículo com ele parado na pista e altamente desaconselhável pois, além de ser perigoso, é considerado uma infração grave e pode acabar em multa.

Quer Cuidar ainda mais do seu veículo e do seu bolso?

Faça já a cotação do seguro para seu veículo com a São Seguros, a sua corretora de seguros e serviços financeiros.

 

Fonte/Referência: Blog Único Dono

Entre em contato